Perspectiva

Mulheres e esportes no Twitter: comece por aquelas que mudam o jogo

As atletas que estão mudando o significado de . Nancy Baker () já ouviu de tudo. Que futebol feminino não enche estádios, que as jogadoras não merecem o mesmo salário que os homens. E a pior das perguntas: as mulheres sabem jogar mesmo?

Sua resposta no Twitter foi bem clara.

Baker é jogadora e treinadora de futebol feminino. Ela também é uma pioneira que se empenha dia a dia para promover o futebol feminino e as . A atleta está virando o jogo com um gol (e um Tweet) de cada vez.

Baker e outras como ela são formam um grupo que está se unindo no Twitter para promover a cultura do esporte. É um público entusiasmado, pronto para quando o esporte feminino se tornar um destaque.

Como as pioneiras estão mudando o jogo

As pessoas que participam da conversa sobre esporte feminino no Twitter são atletas de ponta, universitárias e até as mães que levam suas filhas nas aulas de esporte. Todas estão, juntas, curtindo grandes partidas e Tweetando ao vivo. Elas comemoram cada jogo, vibram com os lances dos craques e gritam a cada gol ou ponto consquistado.

São elas que dão força para que as mulheres consigam crescer e se destacar em um segmento tradicionalmente dominado por homens. As irmãs Nneka () e Chiney Ogwumike () conhecem bem isso.

Estrelas do basquete feminino nos Estados Unidos também atuam como presidente e vice-presidente da Associação Nacional de Jogadores de Basquete Feminina (WNBPA). Nneka e Chiney não estão apenas jogando para vencer - entram na quadra em nome de uma causa. Em novembro de 2018, iniciaram uma nova conversa no Twitter e criaram um novo capítulo na história da WNBA.

 

Isso não é apenas negócio. Trata-se de algo profundamente pessoal. É sobre o tipo de mundo em que queremos viver.”

Com estas palavras, começou o artigo de mais de 1.800 palavras de Nneka no jornal The Players Tribune em novembro passado. Nele, ela anunciou que recusava o Acordo Coletivo da Liga da WNBA. Não era apenas sobre o dinheiro, escreveu, mas sobre um futuro com mais transparência e igualdade para as jogadoras, que estavam dando o sangue por um esporte que amavam. O desafio de Nneka para o esporte? Apostar nas mulheres.

O Twitter e as jogadoras de basquete deram total apoio.

Reunindo os tomadores de risco

Com o grito de guerra , o público interassado cresceu. Dois entre três usuários do Twitter concordam em salário e cobertura dos jogos iguais para o futebol feminino. E ainda: o Twitter não é apenas um lugar para gritar “é campeão” para o time vencedor. É também o local para expor práticas injustas de gênero e defender um movimento, que traz junto outros tantos.

Dois entre três usuários do Twitter concordam em salário e cobertura dos jogos iguais para o futebol feminino.

Enquanto isso, marcas se envolvem cada vez mais. Atletas sempre contaram com seus patrocinadores. Só que, agora, esses relacionamentos estão vindo à tona. Quase metade dos consumidores acha que as marcas devem se envolver em questões e movimentos sociais. Marcas que defendem as mulheres no esporte recebem o mesmo tipo de incentivo e apoio. Quando as atletas femininas ganham, é uma vitória também para as empresas envolvidas.

A porta para uma discussão saudável foi aberta. Fãs e jogadoras trocam histórias sobre como tentar abrir seus caminhos em um meio dominado pelos homens. Falam sobre políticas de licença-maternidade melhores e sobre pagamentos igualitários. 

E o público está pronto para ouvir e contribuir. Com as vozes femininas ecoando no Twitter (o que as faz ir além da internet), foi dado um passo na direção da mudança. O movimento representa um sinal claro do avanço na luta das mulheres pelo reconhecimento no esporte. E o trabalho está apenas começando.

MAGNA & Twitter “The Impact of Culture” (O Impacto da Cultura), EUA, 2019

Os insights mais recentes direto para a sua caixa de entrada. Increva-se na nossa newsletter agora

Formulário de inscrição para o boletim informativo por e-mail de insights de marketing

Ao assinar, você concorda que poderemos enviar e-mail de marketing a você sobre os serviços do Twitter. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento.